domingo, 29 de julho de 2012

Duplicidade

Nunca imaginei que o amor ao próximo e a agressividade morassem na mesma casa.
Nunca pensei que a paz e a guerra habitavam no mesmo ser humano.

saída

lanes:

(by Czlowiek Kamera)
A melhor saída é seguir em frente.

Entre a multidão

tangletots:

askinnyblackman:

duck duck duck duck duck duck duck duck duck duck duck duck duck duck duck duck duck duck duck duck duck duck

goose
Ninguém pode, por muito tempo, ter um rosto para si mesmo e outro para a multidão sem no final confundir qual deles é o verdadeiro.

Equilíbrio

the-mind-is-out:

it’s all about balance, equilibrium, moderation, stability and peace.
A vida guarda a sabedoria do equilíbrio e nada acontece sem uma razão justa.

Luar

Sou criatura noturna que respira entre qualquer fresta de luar. A noite, todo lugar me abriga.

Sujeira

anxiety
Eu só queria que alguém aparecesse, alguém que vai me olhar de um jeito que vai limpar toda minha sujeira.

Shen Shaomin

Nasceu em Heilongjiang province, China. Vive e trabalha em Sidnei e Pequim. Participou das Bienais de Sidnei, Pequim, Liverpool e da trienal de Guongzhon. Trabalha com pinturas, objetos, instalações e vídeos. O tema principal de sua obra é a morte, construindo estranhas figuras híbridas de animais com ossos reais. Utiliza-se, ainda, de instalações mecânicas para conectar a vida e arte discutindo a manipulação da natureza . A Arte de Shen Shaomin é projetada para fazer as pessoas pensarem sobre o mundo ao seu redor, e o impacto que eles têm sobre o mundo, tanto como indivíduos e como membros da raça humana.

Suas raízes e suas asas

wordslessspoken:

republicj
A meditação é uma maneira de ir para dentro de si mesmo,
de perceber que você não é o corpo e você não é a mente.
É um modo de fixar em nós mesmos, no mais profundo centro
do nosso ser; e uma vez que você encontrou o seu centro,
você terá encontrado tanto suas raízes quanto suas asas.

sábado, 28 de julho de 2012

Porque a vida segue

O que foi bonito fica com toda a força. Mesmo que a gente tente apagar com outras coisas bonitas ou leves, certos momentos nem o tempo apaga. E a gente lembra. E já não dói mais. Mas dá saudade. Uma saudade que faz os olhos brilharem por alguns segundos e um sorriso escapar volta e meia, quando a cabeça insiste em trazer a tona, o que o coração vive tentando deixar pra trás.

Café bem doce

Sirva-me um café e o adoce além da conta.
Que pelo menos isso seja doce, 
de amarga já basta minha vida.

Lidar com as dores

Estou cansado de viver como se já fosse uma pessoa adulta e madura. Gostaria de voltar a ser criança – um garotinho de seis anos que caiu da bicicleta. Gostaria de fazer cara de choro e correr aos berros para a cozinha, onde minha mãe me ergueria do chão, me daria um forte abraço e beijaria meu joelho esfolado. Eu pararia de chorar e tomaria leite com chocolate para a dor passar. 
Essa é uma das coisas que as pessoas não nos ensinam quando falam de crescer: como lidar com as dores que não passam com um beijo.

Tudo sempre cansa

Eu chorei porque eu sempre canso de tudo e tudo sempre cansa de mim.

sábado, 21 de julho de 2012

Natureza morta

ruineshumaines:

autumn (by shoothead)

Pensam que sabem

Uns pensam, outros pensam que pensam. Uns pensam em agir, outros agem sem pensar. Uns amam sem limite e outros não sabem nem amar.

Estranho não é?

Fico bêbado de sono. Sou viciado em chocolate. Choro de tanto rir. Me mato de tanta curiosidade. Abandono coisas ruins. Mudo só se for para melhor. Cuido do que amo. Tomo banho de chuva. Faço shows durante o banho. Planejo conversas que nunca serão ditas. Me imagino em filmes. Imagino situações que me trazem facilmente um belo sorriso no rosto. Sou indeciso e determinado. Estranho não é? Vivo me contradizendo… Mudo tantas coisas, menos o meu caráter. Mas quer saber de uma coisa? Eu sou feliz assim.

Curiosidade

Somente a curiosidade não envelhece conosco e fica sempre criança.

consegüencias

Você é livre pra fazer suas escolhas, mas é prisioneiro das conseqüências.

Nem lá, nem cá

black-wolves:

Ryan (by TGKW)
Ando esquisito. Não exatamente mal, mas preguiçoso, dispersivo, desatento. Ou atento a coisas tão remotas que é como se não estivesse completamente aqui. Nem lá.

Fase

Cheguei numa fase da minha vida que vejo que a única coisa que fiz até agora foi fugir, fugir de mim mesmo, do meu nada, e agora não tenho mais para onde ir, nem sei o que vou fazer, fui péssimo em tudo.

Lágrimas verdadeiras

Minha vida está repleta de arrependimentos, decisões mal tomadas, falta de tempo. Meu corpo resiste, minha alma sofre. Sofre, mas insiste. Insiste em chorar. Chorar pelos motivos errados. Insiste em resistir àqueles que só querem me ver sorrir. Mas sorrir… Parece tão irônico. Um sorriso… uma coisa tão aparentemente fácil de se fazer, e tão peculiarmente difícil de se tornar verdadeira. As pessoas sorriem como para agradarem os outros. Eu cansei de agradar. Cansei de fingir que não sofro. Cansei de limpar as lágrimas. Melhor deixar que corram, talvez assim resolvam não voltar.

Evolução

Reconhecer suas próprias limitações é o primeiro passo para vencê-las. Ao mentir sobre elas para os outros, você assume para si mesmo sua incapacidade de lidar com as dificuldades internas. A perfeição não me interessa, mas me interessa evoluir.

Normal

O normal já não me atrai há tempos.

美しき静寂が悲しげに揺れてる目を塞ぐ事さえ罪

Novo dia

Esquecer é uma necessidade. A vida é uma lousa, em que o destino, para escrever um novo caso, precisa de apagar o caso escrito. O insucesso é apenas uma oportunidade para recomeçar de novo com mais inteligência.

domingo, 15 de julho de 2012

Momento ruim

Muitas vezes reclamamos da monotonia, que nossa vida não muda, que isso, que aquilo, mas nem ao menos tentamos dar um passo para que tudo mude. Quando estiver passando um momento ruim pense em coisas boas, de um passo para que esse momento não seja o lamento maior de seu dia. Que possamos dar ao menos um passo para que tudo melhore.

Geração

Precisamos ensinar à próxima geração de crianças, a partir do primeiro dia, que eles são responsáveis por suas vidas. A maior dádiva da espécie humana, e também sua maior desgraça, é que nós temos livre arbítrio. Podemos fazer nossas escolhas baseadas no amor ou no medo.

Preguiçoso

Vencer a preguiça é a primeira coisa que o homem deve procurar, se quiser ser dono do seu destino.

sábado, 14 de julho de 2012

silêncio/música

Depois do silêncio, o que mais se aproxima de expressar o inexprimível é a música.

Repetitivo

Sou como uma carta gigante, chato, cheio de erros, longo demais, muito complicado.